Visite o site do Pueri Domus

Blog do Pueri Domus

tecnologia

Como a tecnologia pode ser aliada dos estudos?

Por mais que ainda seja vista com certo receio por alguns pais, professores e gestores educativos, o uso da tecnologia no ambiente escolar já é uma realidade que surge como grande aliada na formação acadêmica, pessoal e profissional do aluno. As instituições, nesse sentido, devem se empenhar e se abrir para conhecer os benefícios que o uso da tecnologia pode oferecer, procurando entender como ela contribui para o desenvolvimento dos próprios estudantes, de toda a turma e da própria escola.

Foi pensando nesses detalhes que resolvemos descrever aqui de que maneira a tecnologia se torna parceira no processo educativo, como é possível utilizá-la para obter resultados positivos e quais são as principais vantagens trazidas por sua implementação no dia a dia escolar. Fique atento e se mantenha atualizado!

TECNOLOGIA NOS ESTUDOS: PRÁTICAS INOVADORAS

Embora as diversas tecnologias tenham tido rápido avanço como ferramentas de comunicação, tornando-se as principais formas de interação dos povos em menos de duas décadas, seu uso em sala de aula vem sendo lentamente implementado. Isso pode ocorrer devido a uma tentativa de manter determinada tradição no processo educacional ou talvez pela insegurança de docentes e gestores em alterar radicalmente o ambiente educacional.

Independentemente dos motivos que justifiquem essa lenta inserção, é inegável que as tecnologias estão intensamente presentes em nossa rotina. Em nosso dia a dia, utilizamos diversas ferramentas digitais para ter acesso a informações e notícias mundiais, realizamos pagamentos, acessamos nossos e-mails e nos comunicamos com outras pessoas de forma tecnológica. Da mesma maneira, os alunos começam logo cedo a interagir com seus pais, amigos e familiares utilizando as tecnologias, bem como as manuseiam para fins de lazer e entretenimento.

Algumas práticas têm trazido bastante êxito no que se refere à educação, promovendo um aprendizado mais sólido e de maneira mais lúdica e participativa. Um dos exemplos mais elucidativos ocorreu nos Estados Unidos, onde estudantes desenvolveram seu próprio anuário escolar e um museu local da instituição utilizando a tecnologia, com o objetivo de compartilhar informações com novos alunos, permitindo que conhecessem virtualmente o ambiente escolar.

Outro projeto extremamente interessante implementado no Equador permitiu aos alunos aprimorarem seus conhecimentos financeiros. Ao utilizarem computadores para simular a abertura de um restaurante, os estudantes aprenderam sobre controle de gastos utilizando ferramentas simples, como o Excel. Além disso, ainda desenvolveram um site e criaram panfletos, dentre outras atividades.

INSERÇÃO TECNOLÓGICA: PRINCIPAIS PONTOS POSITIVOS

A utilização de tecnologias nos estudos permite aos alunos o aprendizado de forma mais interativa, de maneira que o conhecimento passado será mais facilmente consolidado e permitirá maior desenvolvimento acadêmico, pessoal e profissional.

Para os pais, é uma ótima maneira de complementar a educação fornecida dentro de casa e ensiná-los a trabalhar em conjunto com a escola. Para os professores, uma forma interessante de tornar mais prático o dia a dia muitas vezes exaustivo e complexo. Para os três (pais, escola e alunos), há uma maior satisfação com suas funções no que se refere à educação.

Por essas e outras, o uso da tecnologia representa uma ferramenta muito importante para a promoção de aprendizado, pois possibilita a troca de experiências entre os alunos, promove maior autossuficiência no aprendizado, aumenta a flexibilidade para a busca de informações, promove o aprendizado de maneira variada (uma vez que o professor pode ensinar com diversas ferramentas e favorecer os diferentes estilos de aprendizado), além de inúmeras outras vantagens.

Na prática, as tecnologias possibilitam:

Organização e o compartilhamento de notas: ferramentas e softwares permitem ao professor uma melhor organização e divulgação de notas de maneira mais rápida e eficiente. Bom para todos os envolvidos!

Auxílio na pronúncia de palavras: nas disciplinas de línguas ou em educação bilíngue, por exemplo, ferramentas tecnológicas permitem ao aluno ter maior autossuficiência ao buscar pela pronúncia correta de palavras.

Ajuda com a definição de termos: todas as disciplinas demandam certa capacidade interpretativa por parte do aluno, não é mesmo? Por isso, é importante que ele não dependa do professor para desenvolver todas as habilidades gramaticais, podendo fazê-lo com ajuda da tecnologia.

Geração de discussões produtivas: portais e fóruns possibilitam uma maior interação entre aluno e professor ainda mesmo fora do horário de aula. Por meio deles, podem ser levantados questionamentos e geradas discussões a partir de dúvidas e opiniões compartilhadas.

Conferência de informações: para viabilizar ainda mais a comunicação, as ferramentas digitais podem estar disponíveis para repassar notícias e informações entre as turmas e toda a instituição.

Integração do conteúdo aprendido: diversas atividades dinâmicas e interativas podem ser realizadas em softwares e ferramentas digitais no sentido de permitir uma maior integração dos conteúdos aprendidos no dia a dia.

ATENÇÃO DOS ALUNOS: USO DA TECNOLOGIA A FAVOR

Um dos grandes benefícios do uso da tecnologia em sala de aula é aumentar o foco dos estudantes e realmente prender sua atenção. Isso porque, diferentemente das aulas em que o professor representa uma fonte usual de transmissão de informações, as aulas em que são utilizadas tecnologias se tornam uma novidade para o aluno. Assim, ferramentas como videoaulas, apresentações e animações computadorizadas elevam o interesse do aluno, que acaba ficando mais atraído e desenvolvendo maior foco e atenção.

Mas ainda é preciso aprender a lidar com a tecnologia em sala de aula. Afinal, sendo mal utilizada, ela pode, em vez de manter a atenção do aluno, despertá-lo para assuntos impertinentes ao momento, completamente diferentes do que se deseja ensinar. E para utilizar adequadamente as tecnologias em sala de aula, o professor deve:

• Conversar com os alunos de forma a estabelecer limites de utilização; • Incentivar os alunos a lidar com a tecnologia de forma consciente e responsável;

• Planejar discussões e atividades avaliativas a partir de trabalhos com os recursos tecnológicos;

• Instruir e fazer combinados em relação a momentos e ferramentas que deverão ser utilizados, definindo penalidades construtivas em caso de descumprimentos das normas estabelecidas.

De modo geral, o uso responsável das tecnologias nos estudos pode promover melhor interação entre os alunos e um aprendizado mais sólido e rico. Por isso, ao utilizar essas ferramentas na escola, não só os estudantes serão beneficiados de diversas maneiras como o professor facilitará seu próprio trabalho ao contribuir para o crescimento e o desenvolvimento institucional, tornando a escola um ambiente cada vez mais atualizado! Agora que você conheceu algumas dicas sobre o uso da tecnologia na educação, que tal compartilhar conosco suas experiências a respeito do assunto? Deixe aqui seu comentário e participe da conversa!

How can technology aid education?

Despite still being viewed with reservations by some parents, teachers and school managers, the use of technology in the school environment is now a reality that can greatly aid students’ academic, personal and professional development. Therefore, institutions should strive with an open mind to understand the benefits that the use of technology can offer and how it contributes to the progress of students, classes and the actual school.

With that in mind we decided to describe here how technology can be a partner in the educational process and be used to achieve positive results, plus the main advantages of its introduction in the school routine. Stay tuned and updated!

TECHNOLOGY IN EDUCATION: INNOVATIVE PRACTICES

Although various different kinds of technology have rapidly evolved as communication tools, becoming the main means of interaction among people in less than two decades, their introduction in the classroom has been slow. This may be due to a desire to preserve tradition in the educational process or to the insecurity of teachers and managers in radically altering the school environment.

Regardless of the reasons behind this slow insertion, it is undeniable that technology is a ubiquitous presence in our life. We daily use several digital tools to access information and world news, make payments, use e-mail and communicate with other people in a technological way. Likewise, students start early to interact with their parents, friends and family using technology, as well as handling it for leisure and entertainment purposes.

Some experiences have been very successful in education, providing solid learning in a more playful and participatory way. One of the most striking examples occurred in the United States, where students developed their own school yearbook and a school museum using technology, aiming to share information with new students and allow them to get to know the school environment virtually.

Another extremely interesting project implemented in Ecuador allowed students to improve their financial knowledge. Using computers to simulate the opening of a restaurant, students learned about controlling expenses using simple tools such as Excel. In addition, they also set up a website and created brochures, among other activities.

TECHNOLOGICAL INSERTION: MAIN POSITIVE POINTS

The use of technology in education allows students to learn in a more interactive way so that acquired knowledge is more easily consolidated and provides greater academic, personal and professional development.

For parents it is a great way to complement the education provided at home and learn how to work alongside the school. For teachers it is an interesting way to make everyday life, often exhausting and complex, more practical. All three (parents, school and students) achieve greater satisfaction in the roles they play in education.

For these and other reasons, the use of technology is very important to promote learning, as it enables students to exchange experiences, provides greater self-sufficiency in learning, increases flexibility in searching for information and fosters diversity in learning (since the teacher can use different tools and cater for different learning styles), besides numerous other advantages.

In practice, technology provides:

• Organization and sharing of grades: tools and software programs allow teachers to achieve improved organization and disclose grades more quickly and efficiently. Good for everyone involved!

Help with pronunciation: in language subjects or in bilingual education, for example, technology tools allow students to acquire greater self-sufficiency when searching for the correct pronunciation of words.

Help with definitions: all subjects require students to have comprehension and interpretation skills, right? Therefore, it is important that they don’t depend only on the teacher to develop them, but can also rely on technology.

Productive debates: portals and forums enable greater interaction between students and teachers even outside school hours. Through them, questions are raised and discussions are triggered based on shared opinions and queries.

Information checking: to further enhance communication, digital tools can help relay news and information across classes and the entire institution.

Integration of learned content: several dynamic and interactive activities can be done with software and digital tools to provide greater integration of content learned daily.

STUDENTS’ ATTENTION: INCREASED WITH TECHNOLOGY

One of the great benefits of using technology in the classroom is increasing students’ attention span and helping them focus. The reason is that, unlike lessons in which the teacher is the usual means of transmitting information, lessons using technology are a new experience for students. Therefore, tools such as video lessons, presentations and computer animations raise students’ interest, are more inspiring and focus their attention.

But we still need to learn how to deal with technology in the classroom. After all, when misused, instead of keeping students focused, it may draw their attention to inappropriate subjects at that time, totally disconnected with what is being taught. And to use technology properly in the classroom, the teacher must:

• Establish limits to its use together with students;

• Encourage students to use technology in a responsible way;

• Plan discussions and assessment activities based on work with technological resources;

• Advise and agree on which tools should be used and when, defining constructive punishment for non-compliance with established rules.

In general, the responsible use of technology in education can provide better interaction among students and a more solid and enriching learning experience. Therefore, when using these tools at school, not only will students benefit in different ways, but teachers will make their own work easier by contributing to institutional growth and development, making the school an increasingly updated environment!

Now that you have learned some tips for using technology in education, how about sharing your experiences on the subject with us? Leave your comment here and join the conversation!

8 ferramentas para fazer chamadas de vídeo na quarentena

A demanda pela comunicação virtual se tornou muito maior nas últimas semanas com as medidas de isolamento por causa da pandemia do coronavírus. Seja para reuniões de trabalho ou bate-papo com a família e amigos, as videoconferências nunca foram tão populares.

Neste cenário, a tecnologia dá uma força. Não faltam opções de ferramentas e algumas plataformas, inclusive, liberaram o uso de seus pacotes pagos para facilitar a comunicação dos internautas durante este período. Listamos algumas opções para que você e sua família vejam qual se encaixa melhor às suas necessidades:

________________________________________________________________

8 tools to make video calls during the quarantine

The need for virtual communication has greatly increased in recent weeks due to the social distancing measures of the coronavirus pandemic. Whether for business meetings or chatting with family and friends, video conferencing has never been more popular.

In such a context, technology is our great ally. There are many options of tools and some platforms are even offering their services for free to help online communication during this period. We have listed a few of them for you and your family to see which best fits your needs:

Navegue por assunto

Twitter

Loading...

Recomendamos

Arquivos