Projeto de professora da unidade Itaim é selecionado para congresso InovaEduca 3.0

Postado por Pueri Domus

Seja o primeiro a comentar

A professora de Ciências da unidade Itaim, Kátia Aparecida de Castro, sempre foi adepta de práticas diferentes de ensino em sala de aula, como as propostas pelo conceito GrowUp, adotado pela Escola Pueri Domus, em que o aluno é o protagonista de seu aprendizado e o professor um curador das informações. E resolveu documentar em vídeo uma atividade de Citologia que realizou com alunos do 8º ano. A prática foi considerada tão inovadora que o vídeo foi selecionado para ser apresentado no IV Congresso InovaEduca 3.0, que destaca iniciativas diferentes em sala de aula com uso de novas tecnologias.

 

profa-katia-itaim

 

O vídeo da professora Kátia, que foi produzido com ajuda dos próprios alunos, será apresentado na próxima quarta-feira, dia 9 de novembro, no MIS (Museu da Imagem e do Som de São Paulo, como parte da programação do congresso. Apenas seis projetos foram selecionados em todo o Brasil.

 

Segundo a professora, a sequência didática que gerou o vídeo partiu da leitura prévia sobre Citologia, da listagem de conceitos sobre o assunto, debate e construção de maquetes com o uso de sucatas. Em seguida, os alunos socializaram as informações pesquisadas na sala GrowUp e participaram de um game no qual tinham que resolver exercícios em equipes. “Embora Citologia seja um tema um pouco complexo para o Ensino Fundamental II, foi muito divertido e os alunos realmente aprenderam”, conta Katia.

 

“Acredito muito nesse formato [de aula]. Toda a experiência que eu tenho em que o protagonista é o aluno, em que a aula é mais dialogada, que sai daquele modelo expositivo, com certeza funciona. Nós já trabalhamos este conceito há bastante tempo. É algo que já está no nosso DNA. E agora temos um recurso a mais, as salas GrowUp, e todo mundo falando a mesma linguagem”, diz a professora.

 

Conceito GrowUp

 

Adotado pelo Pueri Domus há um ano, o conceito GrowUp propõe um novo jeito de ensinar e de aprender, partindo do princípio de que se as gerações, o mercado de trabalho, a comunicação e a sociedade se transformam, a educação precisa estar à frente dessa evolução.

 

Neste novo conceito o professor é um organizador e facilitador, enquanto que o aluno é agente de sua formação. Sua motivação é pessoal, pois seu interesse e sua curiosidade são estimulados constantemente na busca por uma formação completa. Para isso, as salas de aula ganham um formato diferente: as lousas são móveis e podem ser usadas em qualquer lugar; os móveis são modulares e se encaixam de diferentes formas para estudo em grupo ou individual; há conexão de rede wi-fi e uso significativo de tecnologia.

 

Nas aulas GrowUp os alunos acessam os conteúdos em diferentes plataformas e de várias maneiras, por exemplo: livros, web, professores, colegas, aplicativos, games e redes sociais. Os professores elaboram dinâmicas, estabelecem regras, fases e pontuação para promover maior engajamento dos alunos e dos grupos nas atividades.