Logo Pueri Domus

PUERI DOMUS NOTÍCIAS

Como não desistir de aprender algo novo

Como não desistir de aprender algo novo

Aprender algo novo exige dedicação e atenção para não desistir. Confira alguns métodos para não desistir e concluir sua aprendizagem com sucesso.

O processo de aprendizagem de um assunto novo nem sempre é simples. Independente se for um novo idioma, uma matéria diferente na escola ou um esporte, sempre surgem dificuldades e é preciso aprender a lidar com elas para evitar o chamado “Buraco do Aprendizado”. Seth Godin, escritor e famoso por suas palestras nos EUA, diz que há algumas razões para cair nesse buraco: Ficar sem tempo, se assustar com o novo, não levar a sério ou perder o interesse.

Adquirir novos conhecimentos e habilidades é sempre importante. O primeiro passo para não desistir é reconhecer que a sua mentalidade é mais importante que suas habilidades. Mesmo se uma pessoa tivesse todas as aptidões e recursos do mundo, elas seriam inúteis se houvesse a mentalidade certa. Carol Dweck, autora do bestseller Mindset, defende que existem dois tipos de mentalidade: a mentalidade fixa e a mentalidade do crescimento. A mentalidade fixa rejeita o fracasso. Nela, erros são um sinal de que a atividade deveria ser abandonada, já que o sucesso é a afirmação da capacidade. Já a mentalidade do crescimento vê os fracassos como oportunidades de aprendizado, o que é bem mais produtivo.

O segundo passo é descobrir qual a melhor maneira pela qual você aprende. É comprovado que as pessoas aprendem de diversos jeitos e cada uma se adapta melhor com estratégias diferentes. Por exemplo, existem alunos que absorvem o conteúdo se escrevem o que o professor fala, outros se estudarem por meio de imagens, etc.

É essencial descobrir qual o melhor jeito de aprender que funciona para você. Estudos mostram que existe ao menos sete tipos de aprendizados, são esses: Visual, Auditivo, linguístico, lógico, interpessoal e intrapessoal.

Visual: Facilidade para aprender por meio de imagens e tem um bom entendimento espacial;
Auditivo: Aprende melhor a partir de sons e músicas;
Linguístico: Palavras, tanto faladas quanto escritas, são a melhor ferramenta de aprendizado;
Lógico: Facilidade com sistemas lógicos de aprendizado;
Interpessoal: Prefere aprender junto a grupos;
Intrapessoal: Se dá melhor aprendendo e estudando sozinho.

É possível se identificar com mais de uma maneira de aprender e combiná-las. Porém, é imprescindível que o seu método seja o que mais funciona para você.

O terceiro passo é praticar. Afinal, é fazendo que se aprende. Apenas estudar teorias pode se tornar cansativo, então praticar o que ouviu na teoria é uma ótima forma de se manter interessado em algo e não ter medo de cometer erros, pois eles fazem parte do processo.

Como auxílio para aprender algo novo a internet é uma ótima ferramenta por oferecer tutoriais, videoaulas, imagens, artigos, etc. Basta ter determinação e disciplina, pois estudar na internet requer muita atenção devido a tantas distrações possíveis.

É importante também não ter medo de buscar ajuda, se você está com dificuldades busque auxílio de pessoas que podem ser úteis, seja com professores, em fóruns online ou até mesmo na roda de amigos.



Fontes:
noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/09/14/966204/3-maneiras-aprender-algo-novo.html#

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CONHEÇA
NOSSAS ESCOLAS

Endereço:
Telefone:
E-mail: